Infracommerce

Infracommerce
B3

Dicas de como fazer dropshipping sem complicações

Dicas de como fazer dropshipping sem complicações

Para iniciar uma loja de dropshipping, você precisa de um investimento inicial para cobrir  taxas de plataforma e marketing, um computador com acesso à Internet e muito tempo para pesquisa e configuração (além de cinco a 10 horas por semana no gerenciamento contínuo de sua nova operação).

Ao contrário dos empreendimentos de comércio eletrônico padrão, você não precisa comprar um inventário caro, investir em armazenamento ou gastar tempo atendendo pedidos. Isso torna o dropshipping uma entrada de baixo custo e baixo risco no varejo online, com margens de lucro em média de 15% a 20% do preço de venda de cada item.

Veja como fazer um negócio de dropshipping em seis etapas simples:

6 Dicas de como fazer dropshipping

1. Desenvolva um conceito de negócio

As empresas mais bem-sucedidas são baseadas em um conceito – em torno disso, você centraliza sua marca, conteúdo e coleção de produtos. Esse conceito pode surgir de algo pelo qual você é apaixonado ou se basear apenas em tendências de vendas que você descobre por meio de pesquisa de produtos e tentativa e erro. Como vendedor de dropshipping, você pode debater ideias, experimentar diferentes conceitos e ajustar seus negócios à medida que avança.

Você pode prosseguir com uma noção difusa de seu negócio e marca. Uma das maiores vantagens do modelo de dropshipping é que você não está preso a estoques caros, portanto, as alterações podem ser feitas em qualquer estágio.

À medida que você explora conceitos de negócios de dropshipping e produtos de pesquisa, lembre-se de que o foco em produtos de nicho pode tornar o marketing mais eficaz, ajudar seu site a ter uma classificação alta em resultados de pesquisa específicos de tópicos e fortalecer a intenção de compra eventual. Além disso, pergunte a si mesmo como seu conceito de negócios e ofertas relacionadas resolverão problemas para seus compradores.

Essa abordagem pode ajudá-lo a obter uma vantagem no competitivo mundo do comércio eletrônico, criando conexões significativas entre sua base de clientes e suas ofertas.

2. Produtos de Origem

Sua loja dropshipping atenderá seus clientes trabalhando com atacadistas e fabricantes que fornecem seus produtos.

Independentemente de como você descobre seus fornecedores, o fornecimento de produtos é uma das etapas mais demoradas para iniciar um negócio de dropshipping. Para ter certeza de que seus esforços compensam em lucros, você deve considerar cada item e parceiro-fornecedor quanto à sua viabilidade total.

As duas principais maneiras de obter produtos dropshipping são por meio de mercados de dropshipping ou fornecedores de fonte direta. Aqui está uma análise detalhada de cada opção:

Como usar os marketplaces de dropshipping

Para novos vendedores, usar marketplaces é o caminho mais fácil para iniciar um negócio de dropshipping. Essas plataformas existem para automatizar o processo e tornar mais fácil para os empreendedores construir e operar um negócio. Eles fazem isso integrando-se diretamente às plataformas de comércio eletrônico, o que permite:

  • Pesquise e obtenha facilmente mercadorias para vender;
  • Adicione listagens à sua loja com um único clique;
  • Exiba a disponibilidade de estoque para evitar pedidos em atraso e problemas de atendimento ao cliente;
  • Encaminhar automaticamente os pedidos para serem enviados aos fornecedores corretos;
  • Automatize as confirmações de envio para atualizar os clientes;
  • Pague o custo de atacado no momento do envio (depois que o comprador pagar por isso).

O mais impactante desses benefícios é a capacidade de encontrar produtos com facilidade.

Alguns marketplaces cobram taxas mensais ou por transação para acessar sua plataforma, mas a maioria oferece um plano inicial gratuito para ajudá-lo a iniciar um negócio de dropshipping sem custos iniciais.

Dropshippers experientes e especialistas do setor concordam que os marketplaces de dropshipping são ideais para startups ou vendedores paralelos e de meio período. No entanto, para desenvolver um empreendimento mais lucrativo e de longo prazo, os vendedores precisam procurar opções de fornecimento mais direto, que analisaremos a seguir.

Uma vez que você esteja familiarizado com suas opções de sourcing, é hora de colocar seu site em funcionamento.

3. Construa sua loja online

Para colocar seu negócio de dropshipping em ação, você precisa de um site de comércio eletrônico acessível, fácil de usar e que gere tráfego.

Para esta etapa, você precisará planejar um modelo para seu site, escolher uma plataforma de comércio eletrônico confiável e criar recursos padrão de loja online (como listagens de produtos e políticas de devolução).

Modele sua loja

O seu conceito de negócio é mais focado no produto ou focado no conteúdo? Essa diferenciação é importante porque algumas plataformas de comércio eletrônico são melhores para sites ricos em conteúdo, enquanto outras atendem a negócios focados em produtos. Além disso, esse modelo será usado em sua estratégia de publicidade, que discutiremos mais adiante.

Fotos, descrições e especificações de produtos desempenham os papéis principais, e os itens são agrupados por categoria ou promoção (como itens em destaque, novidades ou vendas). Lojas focadas em produtos geralmente têm uma seção de perguntas frequentes que esclarece detalhes de envio, política de devolução e outras informações relevantes. Uma página “Sobre nós” também é comum, o que esclarece a história e a filosofia da empresa.

Além dessas seções escritas, o conteúdo adicional é escasso em sites focados em produtos. Essa estrutura é melhor para lojas de dropshipping gerais que vendem uma grande variedade de produtos, bem como nichos simples que não exigem conhecimento prévio.

4. Configure seus negócios e finanças

Para lançar um empreendimento legítimo, você precisará cuidar desses aspectos legais e financeiros do seu negócio:

  • Bancário
  • Estrutura de negócios
  • Licenças comerciais
  • Imposto sobre vendas

Logo de cara, planeje separar suas finanças pessoais e empresariais. Esta é uma etapa comumente perdida por donos de lojas casuais ou de meio período, o que pode levar a uma série de problemas.

Certifique-se de configurar uma conta corrente comercial. Em seguida, deposite todas as receitas nele e tire todas as despesas dele. Sem serviços bancários dedicados, sua contabilidade será difícil, as responsabilidades comerciais podem ser assumidas pessoalmente e você provavelmente estará em apuros com o IRS caso ocorra uma auditoria.

Além disso, é uma boa ideia usar um cartão de crédito comercial. Isso pode ajudar a separar ainda mais suas finanças; você também pode acumular grandes recompensas por todas as mercadorias que comprar de fornecedores

5. Impulsione as vendas através do marketing

Depois que seu site estiver funcionando, você precisa comercializá-lo para atrair compradores.

Cada uma das seguintes táticas de marketing é amigável para startups e pode ser muito eficaz no fluxo de vendas:

  • Mídia social;
  • Marketing de influenciadores;
  • Marketing de email;
  • Anúncios pagos;
  • SEO;
  • Marketing de conteúdo;
  • Envolvimento da comunidade.

Crie contas para sua empresa no Facebook, Instagram e Pinterest e use-as para promover sua loja por meio de engajamento do público e postagens de compra.

Esse método é uma ótima abordagem para alcançar clientes interessados ​​em seu habitat natural. Além disso, reduz as etapas de conversão, ajuda você a coletar dados e aumenta sua presença online.

6. Gerencie sua loja dropshipping

Depois que sua empresa estiver configurada e seus esforços de marketing estiverem prontos, em breve você verá os pedidos começaram a chegar. Administrar sua loja dropshipping se resume principalmente a supervisionar seus pedidos, atender seus clientes e a contabilidade básica.

Então, à medida que sua empresa se desenvolve, outra tarefa é usar análises para refinar suas ofertas e encontrar maneiras de impulsionar o crescimento (e ganhar mais dinheiro).

Veja como são os deveres de um proprietário de loja dropshipping:

  • Gerenciando Pedidos;
  • Atendimento ao Cliente;
  • Contabilidade;
  • Analisar e refinar.

Se você estiver usando mercados de dropshipping, o gerenciamento e o atendimento de pedidos é um processo prático, mas você precisará ficar de olho nele. O painel da sua plataforma de comércio eletrônico relatará vendas novas, em processamento e enviadas; se algum pedido ficar sem envio por muito tempo, faça uma consulta ao seu fornecedor.

Fomentar relacionamentos com seus fornecedores é importante para escalar seus negócios. À medida que sua empresa cresce, você pode querer se afastar dos mercados de dropshipping e adquirir seus produtos diretamente para obter margens maiores. Mantenha-se em dia com seus fornecedores e mantenha a comunicação profissional.

Acompanhar essas tarefas diárias, bem como a manutenção do site e os esforços de marketing, é a maneira de administrar um negócio de dropshipping bem-sucedido e lucrativo.

Considerações finais: vale a pena fazer dropshipping?

O modelo de negócios dropshipping é uma solução altamente acessível para vendedores que buscam entrada de baixo custo e baixo risco no comércio eletrônico. É flexível o suficiente para trabalhar para empreendedores de meio período e tem potencial para obter um fluxo constante de renda real. No entanto, geralmente leva alguns meses para que as lojas de dropshipping ganhem força e sejam suficientemente lucrativas.

O investimento inicial de tempo pode ser pesado, mas o sucesso da sua loja depende de pesquisa adequada, construção de sites, marketing e gerenciamento.

Entre em contato para conhecer soluções para o sucesso de seu negócio!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Generic selectors
Palavras exatas
Pesquise por título
Pesquise por conteúdo
Post Type Selectors

Digitalize seu Go-to-Market

Faça parte do maior ecossistema de Full Commerce da América Latina!

Marketplace Hub: Entenda a importância para seus negócios

Neste artigo que preparamos para você, vamos mostrar qual a importância do marketplace hub para o mercado…

Veja as pilares do comercio eletrônico

O comércio eletrônico traz consigo uma realidade: o comportamento de compra dos clientes hoje é muito mais…

Infradigital: A vertical de marketing da Infracommerce

Infradigital: A vertical de marketing da Infracommerce Um dos maiores desafios do e-commerce é melhorar…

Precisa de uma solução para sua empresa ou indústria?

Nós ajudamos algumas das empresas que mais crescem do mundo a encontrar novas oportunidades de negócios D2C e B2B.

Com soluções abrangentes em Full Service e Fulfillment, quer saber o que podemos fazer pelo seu negócio?

Fale com um especialista!

Conte-nos sobre seu negócio

Ao preencher o formulário e clicar no checkbox, você expressamente declara que está ciente de que a nossa empresa poderá realizar contato com você via e-mail, telefone, WhatsApp ou qualquer outro meio e enviar comunicações para o fim exclusivo de apresentar conteúdos, produtos e serviços relacionados à Infracommerce.

Fale com um especialista!