Infracommerce

B3
svg2

Qual a diferença do marketing digital para o marketing comum

Qual a diferença do marketing digital para o marketing comum

Quer saber quais são as diferenças do marketing digital para o marketing comum e decidir qual desses dois estilos é melhor para o seu negócio? Então continue lendo este artigo!

Você sabe qual é o melhor modelo de marketing para aumentar as vendas do seu negócio? Na verdade, essa é uma pergunta difícil de responder, afinal escolher a melhor opção para cada empresa depende de muitos fatores.

Alguns diriam que isso é marketing tradicional, visando mídias clássicas como TV e jornais. Outros diriam que o marketing digital foca totalmente na web e aproveitando as novas ferramentas de comunicação.

No entanto, para responder a essa pergunta, é importante entender bem a diferença entre marketing tradicional e marketing digital, indo além dos meios que todos utilizam.

Como funciona o marketing tradicional?

Como todos já conhecemos, o marketing tradicional é um tipo de marketing que utiliza métodos clássicos de comunicação para divulgar informações e promover produtos ou serviços, como rádio, televisão e publicidade impressa.

Portanto, sua abordagem é bastante direta, interrompendo os clientes com notícias sobre a solução enquanto assistem TV, ouvem rádio ou lêem algum material impresso.

O investimento em promoção por meio do marketing tradicional sempre foi alto, pois envolve a produção de comerciais e o custo de exibição dos meios de divulgação.

Além disso, vale lembrar que medir a eficácia das estratégias promocionais tradicionais pode ser difícil de executar e exige que você pergunte aos clientes no momento da compra se a compra foi causada por publicidade para garantir sua eficácia.

Nas campanhas de marketing tradicionais, ainda podemos destacar anúncios em outdoors, campanhas de flyer, vendas físicas e telemarketing, que ainda hoje recebem muito investimento.

Como funciona o marketing digital?

marketing digital é totalmente voltado para a web e busca utilizar diversos meios modernos de comunicação – como buscadores, blogs, redes sociais e canais do YouTube – para divulgar sua empresa e divulgá-la para seus clientes.

Nesse sentido, não é por acaso que é o método de marketing que mais tem recebido atenção nos últimos anos. Afinal, com o passar do tempo, a internet e as redes sociais estão cada vez mais aparecendo no cotidiano das pessoas.

Caso você ainda esteja em dúvida, veja como o número de pessoas que utilizam a internet por meio de smartphones está crescendo de forma alarmante. De acordo com os últimos dados da TIC Domicílios, mais de 126,9 milhões de brasileiros usam a Internet em seu dia a dia.

Números tão expressivos reforçam a importância das estratégias de investimento para garantir que a empresa chegue ao público antes dos concorrentes, certo?

Além disso, o marketing digital é uma estratégia orientada a resultados. Dessa forma, permite que os profissionais acessem quase todas as informações sobre suas promoções, o que é muito importante para melhores resultados.

Outra característica do marketing digital é que ele não é tão intrusivo quanto o marketing tradicional, tornando mais fácil para seus clientes chegarem até sua empresa.

Entenda as diferenças entre marketing tradicional e marketing digital

Sabendo como cada um funciona, é hora de ver qual a diferença entre marketing tradicional e marketing digital:

1. Divulgação de informações

No marketing tradicional, a mensagem é veiculada de forma disruptiva, com a expectativa de que o cliente se interesse, mesmo que não esteja buscando sua solução.

No marketing digital, seus clientes são atraídos pela sua marca, o que os ajuda a resolver dúvidas e problemas do dia a dia.

Nesse caso, o inbound marketing – conhecido como marketing de atração – é uma ótima estratégia que pode não funcionar com o marketing tradicional, mas é mais eficaz quando aplicada no marketing digital.

2. Mensuração de resultados

No marketing tradicional, a análise dos resultados é feita após a veiculação do anúncio, sendo necessária uma pesquisa pós-compra com o cliente.

marketing digital, por outro lado, permite acompanhar métricas em tempo real e analisar os resultados, permitindo fazer ajustes pontuais.

Dessa forma, você saberá exatamente quantas pessoas visualizaram suas mensagens e quantas concluíram a compra de seu produto ou serviço.

3. Segmentação das Atividades de Marketing

Para atingir o público-alvo da sua empresa em uma campanha de marketing tradicional, é preciso confiar na relevância do canal de comunicação com base nas informações da mídia.

Nesse caso, sua mensagem será compartilhada com pessoas que não fazem parte do seu público-alvo para garantir que sua mensagem alcance um subconjunto de clientes em potencial.

Para o marketing digital, é diferente. Para atingir seu público-alvo, você pode contar com as informações disponíveis online para alcançar seus clientes. Como resultado, você aumentará sua taxa de conversão e o ROI de sua estratégia de marketing.

4. Agilidade de produção

No marketing tradicional, os itens promocionais demoram a ser produzidos porque dependem de muitos fatores para garantir sua colocação. Os anúncios impressos precisam ser produzidos com antecedência, assim como VTs e comerciais exigem licenças de TV e rádio.

O oposto acontece no marketing digital. Assim que a arte ou o texto do anúncio é criado, ele fica disponível online sem muita burocracia ou grandes investimentos.

5. Investimentos mais baixos

Os custos de entrega no marketing tradicional também são altos e muitas vezes têm valor para dissuadir pequenas e médias empresas de investir. No marketing digital, o custo é muito mais barato. Qualquer empresa pode se comunicar de forma eficaz com os clientes por menos de 100,00 reais.

6. Interação com o público

Nas estratégias de marketing tradicionais, é quase impossível para as empresas se envolverem com os clientes. Ouvi-los exige investir em uma plataforma de atendimento e profissionais para atender as ligações dos clientes, e os custos de manutenção são altos.

No marketing digital, essa limitação realmente não existe porque as redes sociais e seu site podem ser usados ​​como ferramenta de comunicação entre você e seu público.

Quais empresas devem investir no marketing digital?

Ao contrário do que muitos pensam, qualquer empresa pode investir em uma estratégia de marketing digital – desde empresas tradicionais, blogueiras, ou até mesmo lojas virtuais. Então, para saber se sua empresa está pronta para investir em marketing digital, basta responder a duas perguntas:

  • Seus clientes utilizam a internet no seu dia a dia?
  • O seu público faz buscas no Google, blogs e nas redes sociais para encontrar informações sobre os produtos e serviços oferecidos por sua empresa?

Se a resposta para essas duas perguntas for sim, com certeza vale a pena investir em marketing digital.

Dessa forma, você criará novos canais de comunicação com seus clientes, garantindo que você seja encontrado sempre que alguém pesquisar seu produto ou serviço!

Gostou deste artigo? Continue nos acompanhando para ter acesso a mais conteúdos como este.

Aproveite para acessar a plataforma Infracommerce e conhecer nossas soluções!

Generic selectors
Palavras exatas
Pesquise por título
Pesquise por conteúdo
Post Type Selectors

Digitalize seu Go-to-Market

Faça parte do maior ecossistema de Full Commerce da América Latina!

Saiba a importância de coletar o feedback do cliente

Você coleta o feedback do cliente de sua empresa? Saiba que esta prática é tão importante, ou…

Como o D2C pode aproximar os clientes e aumentar as vendas

O D2C é um dos métodos mais comuns no mercado. Você sabe como funciona e os benefícios?…

Prazos de entrega: O que fazer em situações de atraso?

Os prazos de entrega devem ser precisamente claros ao fechar um contrato de venda. Independente…

Fale agora com
nossos
especialistas

Ao preencher o formulário e clicar no checkbox, você expressamente declara que está ciente de que a nossa empresa poderá realizar contato com você via e-mail, telefone, WhatsApp ou qualquer outro meio e enviar comunicações para o fim exclusivo de apresentar conteúdos, produtos e serviços relacionados à Infracommerce.