Infracommerce

Infracommerce
B3

Veja as pilares do comercio eletrônico

Veja as pilares do comercio eletrônico

comércio eletrônico traz consigo uma realidade: o comportamento de compra dos clientes hoje é muito mais exigente e as expectativas são altas.

A comunicação com os clientes deve ser individual, pessoal e abrangente. Hoje,se os varejistas não criarem uma experiência de compra única, a próxima loja online está a apenas um clique de distância.

Isso apresenta às empresas estabelecidas, em particular, o grande desafio de questionar a estratégia e a tecnologia, especialmente quando precisam competir pelo favor dos usuários com start-ups inovadoras e uma jornada inteligente do cliente.

Uma grande seleção de produtos, prazos de entrega curtos e disponibilidade constante de mercadorias não são mais argumentos poderosos ou pontos de venda únicos.

Muitos revendedores geralmente gerenciam vários canais de vendas separados, em vez de depender de uma rede completa deles para poder fornecer suporte abrangente aos clientes.

Ao mesmo tempo, o grande potencial de venda de produtos em marketplaces online é reconhecido pela maioria das empresas e varejistas, mas não há implementação prática.

A seguir, conheça os verdadeiros pilares do comércio eletrônico.

Pilares do comércio eletrônico moderno

No comércio eletrônico atual, a falta de soluções de TI significa experiência de serviço ruim.

Além de uma nova estratégia, o requisito básico para se adaptar às mudanças no comportamento do usuário é o uso de tecnologias adequadas.

Onde os simples sistemas informáticos eram suficientes e os sistemas ERP eram ignorados, hoje soluções integradas inovadoras são essenciais para poder oferecer ao cliente um serviço completo e personalizado.

Massas de dados mestre e processos e procedimentos cada vez mais complexos não podem mais ser gerenciados de forma eficiente e alinhada com os requisitos apenas por pessoas – pelo menos não se você quiser conquistar e manter clientes.

As empresas perdem rapidamente o controle e o trabalho de manutenção usando estruturas e tabelas aumenta enormemente o potencial de erros. Os processos só podem funcionar com dados corretos e atualizados.

Mas a mudança para poder acompanhar a concorrência agora e no futuro pode ter sucesso se o foco estiver nos pilares relevantes do e-commerce.

1. Flexibilidade no comércio eletrônico moderno 

Hoje, uma pedra angular do comércio eletrônico é de natureza headless. Isso significa que o front-end e o back-end foram separados ou desacoplados.

As plataformas de comércio eletrônico headless permitem que as equipes de desenvolvimento façam alterações na experiência do usuário sem o risco de quebrar o código de back-end.

Além disso, o headless e-commerce facilita a implantação de novos recursos ou a expansão de recursos com base nas necessidades de negócios.

2. Escalabilidade para crescer

Todas as empresas B2B se esforçam para crescer. Quando se trata de comércio eletrônico B2B, o crescimento geralmente significa mais pedidos, mais tráfego e mais largura de banda.

Isso nos leva a uma empresa comum prejudicada que tem experiência anterior em software. À medida que sua empresa cresce, seu software de comércio eletrônico não consegue lidar com o aumento do tráfego.

No entanto, esse problema pode ser facilmente resolvido com a tecnologia nativa da nuvem que se adapta facilmente ao seu negócio.

3. Omnichannel estrategicamente

Nos últimos anos, o conceito de omnichannel não só se tornou cada vez mais popular, mas também uma estratégia de negócios viável e essencial. Nunca houve tantas maneiras de interagir com um aplicativo: web, celular, dispositivos conectados e muito mais.

Uma abordagem omnichannel permite que uma empresa ofereça aplicativos que não apenas operem em qualquer canal, mas que possam ser dimensionados à medida que mais canais são adicionados, sem a necessidade de criar novas soluções para cada um.

Arquiteturas de comércio modernas permitem que você implemente uma sólida estratégia omnichannel.

4. Integrações 

Soluções de comércio eletrônico, como Infrashop e Infradigital, tornam as integrações rápidas e fáceis.

A necessidade de poder integrar é dupla para muitas empresas B2B.

Primeiro, as empresas têm outros sistemas críticos de negócios que são essenciais para administrar seus negócios, e escolher uma plataforma de comércio eletrônico moderna que se adapte aos seus negócios e possa se integrar a esses sistemas é fundamental para o sucesso futuro.

Por outro lado, à medida que uma empresa cresce e evolui, muitas vezes as empresas precisam repetir suas experiências de comércio eletrônico. Adicionar um chatbot, por exemplo, é tão fácil quanto criar uma nova integração com o e-commerce.

5. Personalizações na nova era

A maioria das empresas sempre procurou fornecedores de pacotes de comércio eletrônico que suportassem funcionalidades básicas, como fornecer catálogos online, carrinhos de compras e promoções.

Hoje, no entanto, eles esperam processos de compra altamente personalizados e contínuos, opções de atendimento inovadoras, alternativas de vendas assistidas, microsserviços integrados, sistemas PIM, experiências especiais de pedidos para clientes corporativos e muito mais.

Esses novos requisitos estão levando as empresas a migrar para tecnologias modernas de comércio eletrônico, como plataformas headless que suportam aplicativos de e-commerce B2B rápidos, de baixo custo e personalizados que vão além do carrinho de compras.

Se você se encontra preso a um sistema legado de comércio eletrônico que o impede de evoluir como empresa, é hora de mudar.

Quando você pensa no futuro do seu negócio, há muito com o que se entusiasmar, mas também muitos obstáculos para os quais se preparar. Mas com a tecnologia certa, você estará pronto para experimentar o sucesso a longo prazo.

Conclui-se, portanto que, o resultado dos pilares é traduzido da seguinte maneira: uma estratégia de comércio omnicanal com uma loja online integrada e personalizada, o desenvolvimento de marketplaces online como um outro canal de vendas de uma estratégia de serviço completo e manutenção automatizada de dados mestre para poder usar os dados de forma eficiente.

Conte com a Infracommerce! O nosso ecossistema digital é baseado nas seguintes soluções: Infrashop, Infradata, Infrapay, Infralog e Infradigital.

Estratégias sustentáveis para e-commerce: Como lidar com estoques excedentes

Não é de hoje que a sustentabilidade está em alta no varejo e na sociedade…

Os impactos da curva abc no comércio eletrônico

Quer saber mais sobre os impactos da curva abc em seus negócios? Então não deixe de conferir…

Veja as vantagens do Pix para e-commerce

Pix para e-commerce é um esquema especialmente brasileiro de pagamento em tempo real, inclusive, é considerado…

Quer fazer parte
do seleto grupo
de operações
de e-commerce eficientes e escaláveis?

Entregamos operações de e-commerce de acordo com as necessidades da sua empresa de forma completa ou modular.

Vamos conversar!

Conte-nos sobre seu negócio 

* campos obrigatórios.

Ao me cadastrar concordo em receber novidades sobre e-commerce, varejo e eventos relacionados à Infracommerce.