Infracommerce

B3
svg2

Tendências do mercado eletrônico em 2022

Tendências do mercado eletrônico em 2022

Com o crescimento acelerado das vendas online no Brasil em 2020 e 2021, a concorrência no mercado eletrônico está cada vez mais à espreita. De acordo com o 44º relatório Webshoppers, 6,2 milhões de pessoas fizeram sua primeira compra online no primeiro semestre de 2021.

Portanto, para se destacar em um ambiente tão competitivo, é imperativo infundir inovação em seu negócio para aumentar a autoridade da sua marca e aprimorar a experiência do consumidor.

Para te ajudar nessa jornada, separamos 8 tendências do e-commerce para 2022! Confira!

Principais tendências do mercado eletrônico

1. Live Commerce

Durante a pandemia de coronavírus, em muitos casos, os fãs de performances de vários artistas foram apresentados pela primeira vez a um novo tipo de negócio.

Durante uma demonstração ao vivo, um celular pode ser apontado para um código QR para direcionar os espectadores a um link de pagamento. Esses valores podem corresponder ao valor de ingressos, doações ou produtos adquiridos. Essa estratégia é chamada de comércio em tempo real.

Vantagens dessa tendência:

  • Aproxima o vendedor do consumidor
  • Aumenta o engajamento do público com a marca
  • Transmite confiança para o shopper

2. Super Apps

A proliferação de smartphones na sociedade mudou a forma como a internet é usada em todo o mundo. Vale ressaltar que atualmente mais da metade de todo o tráfego da web vem de dispositivos móveis e até 2025, esses números devem aumentar em 25%.

Além disso, ao analisar o comportamento do usuário em dispositivos móveis, o site Statista.com afirma que 90% do uso da Internet é gasto em aplicativos, com quase 80% desse tempo gasto em apenas três aplicativos.

Para acomodar essa tendência de consumo centralizado, alguns aplicativos buscam agregar múltiplas funções em um só lugar, como chat, pagamento, compras, jogos e serviços de entrega. Estes são chamados de super aplicativos e vão bombar no mercado eletrônico.

Vantagens dessa tendência:

  • Concentra a experiência do cliente em um único lugar
  • Otimiza a retenção e captação de novos usuários
  • Ótima fonte de dados dos consumidores

3. Experiências 3D

Trazer os compradores para uma experiência de compra mais interativa é o que os varejistas digitais estão buscando para preencher o vazio deixado pela falta de envolvimento do consumidor com os produtos.

Algumas empresas têm investido no desenvolvimento de plataformas que permitem o teste virtual de seus artigos no desktop ou aplicativo.

Vantagens dessa tendência:

  • Diminui a taxa de devolução por insatisfação
  • Auxilia o consumidor a fazer escolhas mais assertivas
  • Aumenta a confiança do shopper no produto

4. Voice Commerce

Dispositivos controlados por comandos de voz passaram a fazer parte do nosso dia a dia, e conversar com a assistente virtual Alexa da Amazon é a norma para cada vez mais pessoas. Em uma nota positiva, essa tecnologia também abre portas para o mercado eletrônico

Estima-se que dentro de três anos, cerca de 40% das transações serão feitas ou pelo menos iniciadas por meio de comandos de voz.

Vantagens dessa tendência:

  • Aumenta o reconhecimento da marca por ser um mercado inovador
  • Complementa a estratégia omnichannel

5. Shoppable

Seguindo as tendências mencionadas no início deste artigo, os aplicativos estão evoluindo para considerar a jornada completa de compra do cliente, incluindo apresentação do produto, atendimento e pagamento.

Para os lojistas, a ideia é descentralizar o checkout, ampliando as opções de pagamento para cada tipo de comprador.

Vantagens dessa tendência:

  • Simplifica a jornada do cliente
  • Expande o alcance da marca

6. Marketing de influência

Estratégias implementadas com grandes influenciadores com milhões de seguidores nas redes sociais provaram sua eficácia em termos de alcance de audiência. No entanto, como não geram métricas correspondentemente altas em termos de engajamento, representam um investimento muito alto.

Muitas vezes representados por micro-influenciadores, que podem ter menos seguidores, mas com melhor qualidade, maior lealdade e maior engajamento. Algumas das principais características desses influenciadores são autenticidade, posicionamento claro e produção de conteúdo realmente significativo para seu público.

Vantagens dessa tendência:

  • Amplia o engajamento da marca
  • Aumenta os números de conversão
  • Transmite mais confiança ao público

7. Re-commerce

Outro mercado acelerado pela pandemia é o de produtos usados. De acordo com uma pesquisa de 2020 da OLX, 39% dos brasileiros pesquisados ​​já compraram produtos usados ​​na internet. Destes, 45% o fizeram após o surto de Covid-19.

Vantagens dessa tendência:

  • Os consumidores valorizam cada vez mais valores como sustentabilidade
  • Oportunidade de novo segmento para o negócio
  • Melhora a experiência de compra de produtos de segunda mão.

8. Entrega rápida

Uma das diferenças mais controversas para os players do mercado eletrônico no momento é a velocidade de entrega. Os consumidores estão cada vez mais acostumados a receber pedidos um dia ou até mesmo no mesmo dia após o pagamento.

Para acelerar o processo, grandes empresas estão aumentando seus investimentos em atendimento. A solução consiste na manutenção de grandes espaços localizados em pontos estratégicos, de onde ocorre toda a operação de armazenagem de estoque, recebimento e preparação de pedidos, faturamento, entrega e rastreamento de produtos.

Outra boa estratégia é usar um centro de atendimento onde os clientes podem retirar os itens comprados pelo site. Como resultado, os compradores que relutam em pagar pelo frete ou precisam desesperadamente de produtos não estão vinculados aos prazos de entrega.

Vantagens dessa tendência:

  • Aumenta a satisfação dos clientes
  • Fidelizar novos consumidores
  • Otimiza os processos da empresa

Dica bônus para mercado eletrônico em 2022

É importante observar que antes de adotar qualquer uma das estratégias ou tendências do mercado eletrônico mencionadas, sua empresa precisa saber fazer o famoso “arroz com feijão” que coloca o cliente no centro de suas operações.

Falar sobre grandes evoluções não adianta se seus clientes esperarem 20 minutos pelo atendimento no seu SAC. Mesmo assim, você não pode ter uma boa experiência de compra com o mínimo de atrito possível.

Os consumidores aprenderam a comprar categorias que antes eram feitas apenas em ambiente físico, e agora é importante estar preparado para atender às demandas do mundo digital. Estar presente em vários canais é fundamental para o crescimento, principalmente quando suportado por ferramentas que automatizarão suas atividades operacionais e lhe darão mais tempo para focar em sua estratégia de e-commerce para 2022.

E aí? Sua empresa está preparada para seguir as principais tendências do mercado eletrônico em 2022? Caso ainda esteja com dúvidas, entre em contato com a nossa equipe Infracommerce:

Generic selectors
Palavras exatas
Pesquise por título
Pesquise por conteúdo
Post Type Selectors

Digitalize seu Go-to-Market

Faça parte do maior ecossistema de Full Commerce da América Latina!

Conhece a jornada do cliente no seu negócio?

Para criar uma jornada do cliente eficaz, você deve se ver da perspectiva do cliente e seguir…

Torre de controle logístico: O que é, benefícios e como implementar

A torre de controle logístico é uma das melhores ferramentas para monitorar a operação em…

Veja o que é roteirização na logística

A roteirização na logística é um fator extremamente importante. Se você não faz ideia do que se…

Fale agora com
nossos
especialistas

Ao preencher o formulário e clicar no checkbox, você expressamente declara que está ciente de que a nossa empresa poderá realizar contato com você via e-mail, telefone, WhatsApp ou qualquer outro meio e enviar comunicações para o fim exclusivo de apresentar conteúdos, produtos e serviços relacionados à Infracommerce.