Infracommerce

Infracommerce
B3

Principais componentes de um Enterprise Resource Planning

Principais componentes de um Enterprise Resource Planning

Mas o que é Enterprise Resource Planning, exatamente? Neste artigo separamos informações importantes sobre o ERP.

O que é ERP?

O progresso tecnológico, o aquecimento (ou desaceleração) da economia, o aumento da disponibilidade de crédito e a expansão de novos mercados estão entre os fatores que melhoram significativamente a competitividade de uma empresa.

Para manter o crescimento, todas as empresas precisam de uma gestão adequada de recursos, dados e processos. Um dos caminhos para isso é a adoção de soluções de ERP (Enterprise Resource Planning), isto é, de sistemas de gestão empresarial.

O que é ERP?

Imagine que você tenha uma empresa com vários sistemas, um para processar contas a pagar, um para folha de pagamento, um para acompanhar vendas, um para gerenciar impostos, um para analisar metas e desempenho e assim por diante.

Em vez de usar um monte de softwares em silos, um para cada departamento da empresa, não seria mais eficiente integrar entre eles e torná-los parte de um sistema unificado? É exatamente isso que as soluções de Enterprise Resource Planning oferecem.

Com um único sistema integrando todos os departamentos — ou pelo menos os mais importantes —, a comunicação interna se torna mais fácil e menos custosa. O departamento financeiro, por exemplo, pode saber rapidamente quanto dinheiro destinar à quitação de impostos e quanto direcionar ao pagamento de funcionários, de acordo com as informações que o setor de recursos humanos (RH) disponibilizar no sistema.

Da mesma forma, o chefe de um departamento pode avaliar o desempenho de um funcionário e discutir com o gerente de recursos humanos quanto a empresa pode dar a ele de aumento. Já o marketing, consultado com os controles de vendas, pode identificar produtos com baixo desempenho e desenvolver novas estratégias para dar a volta por cima, ao mesmo tempo em que verifica se o orçamento disponível é suficiente para realizar o trabalho.

Observe que, a partir desses exemplos, há situações em que a integração do sistema pode ser benéfica. Observe também que, com sistemas diferentes, será mais difícil para cada departamento se comunicar com os outros. Isso pode levar à redução de produtividade, aumento de custos e até perda de competitividade.

Além disso, sem um sistema de Enterprise Resource Planning, a empresa tem que lidar com muitos fornecedores de software, o que aumenta custos com licenças, suporte técnico, servidores, treinamento, entre outros.

Saiba quais são os componentes de um Enterprise Resource Planning

Os componentes de um Enterprise Resource Planning são parte de um conjunto de funcionalidades necessárias para a gestão integrada dos processos de uma empresa, além de serem responsáveis por facilitar todo o fluxo de informações entre os setores de uma organização.

Uma empresa que decida comprar um sistema de gestão pode escolher apenas os componentes que atendem às necessidades específicas da empresa, ou ainda personalizá-lo de acordo com o processo.

Existem alguns dos componentes mais comuns que fazem parte da grande maioria das operações da empresa, bem como das suas tarefas do dia-a-dia. Embora varie de acordo com a parte ativa de cada negócio, selecionamos os componentes que geralmente são os mais importantes para o desenvolvimento ideal da gestão.

Veja:

Gestão Financeira

Este componente é responsável por coletar dados financeiros e gerar relatórios com os resultados reais da empresa. Além de proporcionar maior segurança às informações e automatizar o processo de cobrança, esse componente auxilia os gestores a manter o equilíbrio dos fluxos financeiros.

Gestão de Contábil

Além de trazer agilidade e suporte à análise de resultados para os aspectos societários e gerenciais do negócio, o componente contábil permite que os gestores administrem e gerenciem seus registros contábeis, além de controlar seus balanços e demonstrações de resultados.

Gestão Fiscal

A gestão fiscal é extremamente importante para o desenvolvimento e eficiência das atividades empresariais. No componente fiscal do sistema Enterprise Resource Planning web, a empresa gera SPED e Sintegra, calcula e controla impostos, emite notas fiscais eletrônicas de produtos e serviços com processamento alternativo de impostos, alíquotas diferenciadas, bases de cálculo reduzidas, entre muitas outras funções. O ideal é ter uma solução que se integre aos principais softwares contábeis do país.

Gestão de Produção

O controle da produção é fundamental para otimizar o desempenho de qualquer empresa. O componente consiste na integração de diferentes áreas relacionadas à produção. Além de garantir o cumprimento dos prazos, facilita a rastreabilidade e o controle das etapas de produção, reduzindo custos de produção e controlando os demais setores.

Gestão de Estoque

Além de garantir que os clientes sejam atendidos nos prazos definidos, um componente de gestão de estoque é essencial para controlar adequadamente as mercadorias e planejar as compras.

Esse recurso oferece aos gestores uma visão completa da mercadoria, bem como de todas as movimentações realizadas no estoque da empresa, como entrada, saída e reposição de materiais. Além disso, o componente agiliza a gestão de estoque, o controle de validade dos itens e oferece maior segurança às informações de estoque.

Gestão de Compras

O componente Procurement Management controla e centraliza todo o processo de aquisição, desde pedidos internos de projetos, registros de cotações, pedidos de compra até recursos como entrada de faturas e baixas de pedidos de compra. Este componente facilita uma compra segura.

Gestão de Vendas

Realizar pedidos online e offline, faturar contratos de modo automatizado, controlar comissionamentos, entre outras tarefas. Tudo isso pode ser controlado através de um componente específico para gerenciamento de vendas, que te permite agilizar todos os processos comerciais.

O ideal é que o componente alcance todas as etapas do processo comercial, desde a prospecção de clientes, criação de propostas, até a emissão de nota fiscal.

Gestão de Serviços

O software com componente de gerenciamento de serviços desempenha um papel fundamental no aumento da produtividade da empresa. Já sabemos que em tempos de competição crescente, oferecer um serviço excepcional pode ter um grande impacto nos clientes. Com o sistema, além de ajudar no cumprimento dos prazos de entrega, é possível controlar o atendimento, o investimento na prestação de serviços, orçamentos bem detalhados.

Simples, não é mesmo? Agora, para ter todos os benefícios de um Enterprise Resource Planning, conheça as soluções da Infracommerce!

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Generic selectors
Palavras exatas
Pesquise por título
Pesquise por conteúdo
Post Type Selectors

Digitalize seu Go-to-Market

Faça parte do maior ecossistema de Full Commerce da América Latina!

Como escolher a melhor plataforma B2B

Você sabe como escolher a melhor plataforma para o seu negócio? Diante de tantas compras…

Como fazer a integração ERP

Você sabe o que é ERP? Já ouviu falar em como fazer a integração para…

Já ouviu falar em Fintech? Saiba o que é e como funciona

Você já ouviu falar em Fintech? Se não, é hora de aprender mais sobre o termo…

Precisa de uma solução para sua empresa ou indústria?

Nós ajudamos algumas das empresas que mais crescem do mundo a encontrar novas oportunidades de negócios D2C e B2B.

Com soluções abrangentes em Full Service e Fulfillment, quer saber o que podemos fazer pelo seu negócio?

Fale com um especialista!

Conte-nos sobre seu negócio

Ao preencher o formulário e clicar no checkbox, você expressamente declara que está ciente de que a nossa empresa poderá realizar contato com você via e-mail, telefone, WhatsApp ou qualquer outro meio e enviar comunicações para o fim exclusivo de apresentar conteúdos, produtos e serviços relacionados à Infracommerce.

Fale com um especialista!