Infracommerce

B3
svg2

Política de privacidade em seu e-commerce. Saiba como funciona

Política de privacidade em seu e-commerce. Saiba como funciona

Para lhe dar uma melhor compreensão deste tema, trazemos-lhe um mini-guia sobre Política de Privacidade. Continue a leitura!

Você sabe que todas essas lojas online têm essas letras miúdas, mas quase ninguém dá a atenção que elas merecem? Pois bem, elas correspondem às políticas de privacidade no e-commerce e fazem a diferença no marketing de relacionamento.

Basicamente, uma política de privacidade é um documento que fornece orientações sobre segurança de dados, uso das informações fornecidas, instruções de cadastro e outros aspectos relacionados, deixando claro que os usuários estão cientes de suas responsabilidades ao aceitar os termos.

O que é Política de Privacidade?

Uma política de privacidade é um contrato que um site ou aplicativo faz com seus usuários para esclarecer as informações que eles coletam e como eles usam e protegem esses dados.

Ao ler e aceitar os termos da Política de Privacidade, os usuários declaram que entendem quais informações a empresa solicitará e como a organização utilizará seus dados.

Não é difícil notar mudanças maiores nas políticas de privacidade das marcas nos últimos anos: por exemplo, recebemos e-mails sobre atualizações de políticas ou a necessidade de aceitar novos termos ao entrar em aplicativos que já usamos.

As atualizações aconteceram devido à criação da LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados), que elevou o nível de segurança dos dados dos usuários e exigiu que muitas organizações se adaptassem às novas regras.

Política de Privacidade é obrigatória?

Sim, todos os sites e aplicativos são obrigados a cumprir a Política de Privacidade, pois a empresa está comprometida com o gerenciamento e a segurança dos dados dos usuários.

O que deve conter na Política de Privacidade do seu e-commerce?

Política de Privacidade deve conter toda a conduta que a empresa se compromete a seguir para proteger os dados dos usuários.

Em geral, essas são pautas do conteúdo que deve conter na Política de Privacidade:

  • Dados e informações da empresa.
  • Quais dados dos usuários são usados e como são solicitados: tanto as informações que são pedidas claramente, como as que não são fornecidas diretamente pelos usuários mas rastreadas através de plugins, por exemplo.
  • Base jurídica da gestão de dados: citar as leis de Proteção de Dados apontando que a empresa está de acordo.
  • Indicação da quantidade de tempo que a empresa guarda os dados coletados.
  • Como o usuário pode solicitar mudanças sobre o tratamento de dados: como solicitar a exclusão de dados, retirar o consentimento, acessar ou atualizar as informações.
  • Se compartilha dados com terceiros, quais são e por qual motivo. Você insere os dados dos usuários em outras plataformas ou compartilha com outras empresas? Como, por exemplo, em aplicativos de disparo de e-mail ou SMS, é necessário avisar na Política de Privacidade que o e-mail e telefone do usuário estão sendo usados em tais plataformas.
  • Se o usuário autoriza ou não o envio de e-mail marketing e como remover o consentimento no futuro.
  • Sobre o envio de comunicados importantes para o e-mail ou telefone fornecido.
  • Proteção dos dados sensíveis.

Política de Privacidade na prática: o que o lojista precisa saber e fazer

Termos de Uso e Política de Privacidade são contratos de segurança tanto para o usuário como para a empresa. Porém, as normas não devem ficar apenas no texto, mas serem devidamente praticadas pela organização.

Por isso, listamos algumas das boas práticas de Política de Privacidade que quem trabalha com venda online deve seguir:

  • Colete apenas os dados que sua empresa realmente precisa para prestar o serviço.
  • Seja transparente: é obrigatório informar como os dados são coletados e usados.
  • Para enviar e-mail marketing ou mensagens promocionais por WhatsApp ou SMS peça a permissão para o usuário antes de enviar.
  • Permita que os usuários retirem o consentimento de seus dados da sua empresa, sempre de maneira clara e acessível. Por exemplo, em e-mails marketing ou SMS sempre deixe o link de cancelamento da inscrição evidente. No seu site, crie uma maneira em que o usuário possa se descadastrar.
  • Proteja os dados dos seus clientes. Permita apenas os colaboradores que precisam das informações acessem os dados. Tenha controle de quem acessa os dados dos clientes, proteja o banco de dados com senha e outros fatores de segurança para evitar vazamento, roubo ou mau uso.
  • Não solicite dados do cliente no modo público. Por exemplo, não peça endereço ou telefone em comentários públicos no Instagram ou em sites, em que outras pessoas poderão ver as informações. Solicite sempre no modo privado, em formulários ou chats..
  • Gestão de dados livre de qualquer discriminação: é proibido qualquer manipulação de dados com o objetivo de discriminar os usuários ou promover perseguições políticas, sociais e ideológicas.

Qual é a importância da política de privacidade no e-commerce?

Proteger a privacidade dos dados dos usuários que visitam sua loja virtual é um dos pontos fundamentais para que seu negócio esteja no caminho certo, afinal, é preciso construir confiança nas pessoas para que elas possam estar na jornada de compra.

Ter esse tipo de esclarecimento minucioso pode tornar transparente o relacionamento entre a empresa e seus usuários, valorizando a imagem da marca.

Por se tratar de um documento legal, mesmo levando em consideração a nova Lei Geral de Proteção de Dados, a formulação da política de privacidade deve ser baseada na legislação.

Além de garantir que as compras realizadas no site sejam seguras, este documento precisa esclarecer como os dados serão armazenados e como serão processados.

Quais são as diferenças entre a política de privacidade e os termos de uso?

Embora tenham um visual muito semelhante à política de privacidade, os termos de uso funcionam mais como um contrato propriamente dito, pois conferem informações das quais os clientes precisam ter ciência antes de efetuar uma compra.

De maneira geral, o termo de uso traz as regras a serem respeitadas pelo usuário ao utilizar o e-commerce, evitando, assim, possíveis reclamações futuras.

Tanto a política de privacidade quanto o termo de uso são de extrema relevância para estabelecer uma boa comunicação com o cliente e esclarecer pontos cruciais em sua experiência no site. Todavia, o primeiro trará informações sobre entrega, devolução, reembolso, pagamento, juros, frete e descontos, entre outros aspectos essenciais.

Sendo assim, enquanto um dá a garantia de que os dados dos clientes estão seguros e serão mantidos em sigilo para serem usados só pela empresa, o outro mostra quais são orientações básicas para que tudo transcorra na mais perfeita ordem.

Vale lembrar que ambos precisam conter informações claras, pois qualquer brecha nas condições e nos esclarecimentos apresentados pode gerar processos.

Este artigo foi útil? Continue nos acompanhando para ter acesso a mais conteúdos sobre o assunto. Aproveite e conheça as soluções da Infracommerce!

Generic selectors
Palavras exatas
Pesquise por título
Pesquise por conteúdo
Post Type Selectors

Digitalize seu Go-to-Market

Faça parte do maior ecossistema de Full Commerce da América Latina!

Principais componentes de um Enterprise Resource Planning

Mas o que é Enterprise Resource Planning, exatamente? Neste artigo separamos informações importantes sobre o ERP.…

10 Dicas para fazer uma gestão de estoque de sucesso

A gestão de estoque é um dos aspectos mais importantes de se ter um negócio. As empresas…

Saiba como corrigir e evitar a ruptura de estoque

Ruptura de estoque pode dar uma dor de cabeça, caso a gestão logística não seja feita corretamente. Vamos…

Fale agora com
nossos
especialistas

Ao preencher o formulário e clicar no checkbox, você expressamente declara que está ciente de que a nossa empresa poderá realizar contato com você via e-mail, telefone, WhatsApp ou qualquer outro meio e enviar comunicações para o fim exclusivo de apresentar conteúdos, produtos e serviços relacionados à Infracommerce.