Infracommerce

Infracommerce
B3

Saiba como fazer análise de concorrente

Saiba como fazer análise de concorrente

Tão importante quanto entender seu negócio é saber como fazer análise de concorrente. No Brasil, a maioria dos empreendedores conhece muito bem suas empresas, mas não entende completamente o mundo dos negócios, o que pode comprometer sua sobrevivência no mercado.

Portanto, é importante entender os pontos fortes e fracos de seus concorrentes para estimar suas ações futuras e construir uma vantagem competitiva sobre eles.

Em resumo, a análise de concorrente contribui para que sua empresa busque uma melhor posição no mercado, oferecendo as melhores condições para os clientes.

Como fazer uma análise de concorrência?

Antes de seguirmos para o passo a passo de como fazer, é importante compreender o que é uma análise da concorrência.

A análise de concorrentes é um tipo de pesquisa em que as empresas avaliam seus competidores, o que eles oferecem aos clientes, como realizam seus processos, como fazem a gestão de vendas, quais estratégias de marketing utilizam e qual o tipo de experiência  oferecem.

A partir desse estudo dos concorrentes é possível entender:

  • a situação atual da sua empresa em comparação a eles,
  • avaliar faltas que precisam ser sanadas,
  • identificar oportunidades que podem ser aproveitadas para aumentar  a vantagem competitiva.

Com isso em mente, seguimos para o passo a passo de como fazer análise da concorrência.

1. Saiba quem são seus concorrentes

Sem dúvida, o primeiro passo na condução de uma análise de concorrente é identificar quem são esses concorrentes.

Existem dois tipos de concorrentes: diretos e indiretos. Um concorrente direto é aquele que oferece o mesmo produto ou serviço que sua empresa e tem o mesmo perfil de cliente desejável.

Concorrentes indiretos são concorrentes que vendem produtos ou serviços semelhantes, mas procuram desempenhar funções diferentes ou vendem produtos e serviços diferentes, mas atendem ao mesmo perfil de cliente.

Liste esses concorrentes, considerando concorrentes diretos e indiretos.

2. Analise os produtos e serviços oferecidos

Você pode usar a internet para esta pesquisa. Veja quais produtos e serviços eles vendem, quais recursos eles oferecem e qual é sua principal proposta de valor.

Procure histórias de sucesso de negócios para identificar seus pontos fortes e resultados. Não há necessidade de comparar com sua empresa inicialmente, basta analisar o que eles fazem.

Organize as informações em tabelas ou outras formas de facilitar a identificação de informações importantes sobre seus concorrentes.

3. Observe a política de preços

Quanto custa o produto ou serviço do seu concorrente? O que inclui esse valor? Existem diferentes pacotes de contratação? O que diferencia cada um deles?

O preço é um dos argumentos de vendas mais valiosos do mercado, por isso é importante compreender os valores que a concorrência pratica.

Lembre-se de que o preço da sua oferta deve ser competitivo. Logo, ele deve  estar adequado ao que o mercado oferece. Inclua essas informações na tabela criada para a análise de concorrente.

4. Faça um cheklist de venda dos concorrentes

A forma como uma empresa vende seus produtos ou serviços pode ser a grande fonte de sucesso (ou fracasso) de um negócio.

Por isso, identifique as opções que seus concorrentes oferecem aos clientes. Eles vendem apenas em ambiente físico? Possuem loja virtual? Vendem usando o Instagram? E pelo WhastApp? Possuem lojas dentro de marketplaces?

Cada tipo de negócio terá seu próprio leque de canais de venda mais eficientes, por isso, faça a sua própria lista e pesquise as opções oferecidas pelos competidores.

5. Compreenda o papel da tecnologia no negócio

A tecnologia acelera os processos de produção e gestão de uma empresa, portanto, se os concorrentes utilizarem mais tecnologia em seu dia a dia, poderão obter vantagens em áreas como velocidade de entrega e qualidade do suporte.

Ao fazer a análise de concorrente, veja quanto do dia a dia de uma empresa é baseado em processos que utilizam a tecnologia para alcançar maior desempenho.

Um estudo levantado pela TNS Research mostrou que empresas que investem em tecnologia têm maior faturamento e crescem aproximadamente 60% a mais em comparação com as  que não fazem esse tipo de investimento.

Por isso, inclua em sua avaliação uma análise sobre o papel da tecnologia nos processos da concorrência.

6. Analise a presença online dos concorrentes

Um estudo da Math Ads revelou que  9 em cada 10 brasileiros pesquisam na internet antes de fazer uma compra.

Se a empresa não está presente em canais digitais é provável que esses clientes não encontrem os produtos e serviços dela, concorda?

Entretanto, além de ter uma atuação online é preciso compreender a qualidade dessa presença. Por isso, ao fazer a análise de concorrência, observe elementos como:

  • as funcionalidades oferecidas no site,
  • o suporte das redes sociais,
  • a facilidade  do processo de compras digital,
  • o engajamento do público, e mais.

Todas essas análises depois precisarão ser confrontadas com a avaliação feita sobre a sua própria empresa. Afinal, qual  é a qualidade da sua presença digital? Ela contribui efetivamente para o aumento das taxas de conversão de vendas?

7. Entenda o relacionamento dessas empresas com seus clientes

Uma das formas de compreender o nível de satisfação dos clientes de seus concorrentes é realizar uma pesquisa direta, perguntando a eles sobre a qualidade da experiência que vivem. Contudo, nem sempre é fácil acessar a lista de contratantes de seus competidores.

A boa notícia é que atualmente é possível ter acesso a essas informações a partir de uma pesquisa online em canais como o Google e o Reclame Aqui. O último permite que você verifique a nota da empresa de acordo com as avaliações de clientes, compreende a principal reclamação feita por eles e ainda verifica se as questões foram respondidas e resolvidas.

Além disso, as redes sociais também são importantes fontes de avaliações de clientes, em especial o Twitter, bem como Facebook e Instagram.

Observe os comentários no site do concorrente e nas redes sociais deles. Essas áreas oferecem muito conteúdo para seu estudo e insights sobre o que precisa melhorar.

Agora sim, você já sabe como fazer análise da concorrência, é só seguir o passo a passo:

  1. Identifique seus concorrentes
  2. Avalie os produtos e serviços oferecidos
  3. Observe a política de preços
  4. Liste  os canais de venda dos concorrentes
  5. Compreenda o papel da tecnologia no negócio
  6. Analise a presença online dos concorrentes
  7. Saiba mais sobre a experiência dos clientes com a empresa

Lembre-se de organizar todas essas informações para que você tenha uma fonte confiável e integrada de dados para analisar.

Este artigo foi útil? Para ficar ainda melhor, ao fazer a análise de concorrente utilize ferramentas que vão facilitar o processo. A Infracommerce tem as melhores soluções do mercado para o seu negócio, acesse e confira!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Generic selectors
Palavras exatas
Pesquise por título
Pesquise por conteúdo
Post Type Selectors

Digitalize seu Go-to-Market

Faça parte do maior ecossistema de Full Commerce da América Latina!

Fretes rápidos e o melhor da experiência pós vendas

Você sabe como funciona o sistema de fretes rápidos? Neste artigo, mostramos como funciona e…

Workshop: “Como a IA pode trazer eficiência nas operações de e-commerce”

🚨 Temos um convite para você! No próximo dia 28 de maio (terça-feira), haverá um…

Como funciona a logística de um E-commerce?

Neste artigo você vai conferir, como funciona de maneira simples a logística de e-commerce. A logística de e-commerce, às…

Precisa de uma solução para sua empresa ou indústria?

Nós ajudamos algumas das empresas que mais crescem do mundo a encontrar novas oportunidades de negócios D2C e B2B.

Com soluções abrangentes em Full Service e Fulfillment, quer saber o que podemos fazer pelo seu negócio?

Fale com um especialista!

Conte-nos sobre seu negócio

Ao preencher o formulário e clicar no checkbox, você expressamente declara que está ciente de que a nossa empresa poderá realizar contato com você via e-mail, telefone, WhatsApp ou qualquer outro meio e enviar comunicações para o fim exclusivo de apresentar conteúdos, produtos e serviços relacionados à Infracommerce.

Fale com um especialista!