Infracommerce

B3
svg2

O que é o Varejo Digital?

O que é o Varejo Digital?

Entenda o conceito de varejo digital, sua importância e tendências para o mercado.

Atualmente, os consumidores online estão interessados ​​em fazer as coisas por conta própria – tudo, desde pesquisa até consideração e, em alguns casos, fazer uma compra. A maioria dos consumidores de hoje prefere que tudo seja totalmente self-service. Por causa disso, muitos varejistas e concessionárias de automóveis adotaram o varejo digital.

Agora, você provavelmente está se perguntando, ‘o que é varejo digital?

O varejo digital, em seu nível mais básico, é uma série de experiências que permitem aos consumidores manobrar e interagir facilmente com seu site em diferentes estágios de sua jornada de compra. Uma experiência de site leva à próxima e depois à próxima. Simples, não? Confira qual a importância de entender este conceito para o seu negócio!

Qual o significado do conceito de Varejo Digital? 

O conceito abrangente de Varejo Digital (se explicar para alguém que não tem conhecimento de comércio eletrônico) é simples, mas esse não é o caso quando você olha para “Varejo Digital” da perspectiva de diferentes setores e se eles são ou não um revendedor ou consumidor.

Para os consumidores que fazem uma compra de varejo padrão, o varejo digital se parece com isso: um consumidor procura um determinado item/serviço (por um período de tempo variável), adiciona esse item ao carrinho, confirma o preço e conclui a compra com o pagamento.

Para os consumidores que compram um veículo (associado ao varejo de veículos), o varejo digital é assim: um consumidor adiciona o veículo de sua preferência ao carrinho de compras confirmando o preço e concluindo a compra com o pagamento.

Para os varejistas, a personalização bem-sucedida também pode aumentar os resultados, aumentando a conversão de vendas e a fidelidade do cliente.

Portanto, o varejo digital pode significar algo totalmente diferente entre as pessoas:

  • Para alguns revendedores e varejistas, o varejo digital significa ajudar os consumidores no processo real de negociação (por exemplo: preencher a papelada, inscrever-se para um test drive etc.) e, em seguida, realizar a transação real pessoalmente.
  • Por outro lado, pode significar fazer literalmente tudo online e simplesmente ter um veículo ou produto entregue em sua casa. Depois de analisar essas definições, você pode estar se perguntando: qual definição está correta?

A realidade é que ambos entendimentos estão corretos.

A importância do Varejo Digital no último período

A pandemia de Corona vírus Covid-19 trouxe turbulência ao setor de varejo, com os consumidores tendo que encontrar novas maneiras de fazer compras, levando ao aumento da popularidade das tendências de varejo já existentes e a um forte crescimento no setor de comércio eletrônico, à medida que os varejistas introduzem maneiras inovadoras de reter uma base de consumidores.

Embora os varejistas com algum tipo de presença digital possam não ter passado completamente ilesos pela pandemia, eles terão uma chance muito maior de resistir à turbulência do que aqueles com ofertas online desatualizadas ou inexistentes.

O varejo digital é altamente personalizado com base nos objetivos comerciais e financeiros de um varejista. Diante disso, é importante entender o seu impacto na experiência do cliente.

As tendências do Varejo Digital transformando a experiência do cliente

Confira a seguir algumas das tendências do varejo digital que o setor provavelmente já está vendo:

1. Domínio da personalização

Os clientes esperam por serviços personalizados, os dados estão demonstrando um aumento nas expectativas dos clientes.

Para reduzir o ruído, os varejistas estão usando táticas de personalização para adaptar a experiência ao que o cliente deseja, oferecendo mais opções e recomendações.

Ao criar uma experiência personalizada para o cliente que se estende até o checkout e até mesmo após a compra, é mais provável que os clientes se sintam emocionalmente investidos, engajados e mais bem atendidos pela marca.

Para os varejistas, a personalização bem-sucedida também pode aumentar os resultados, aumentando a conversão de cestas e a fidelidade do cliente. É por isso que grandes nomes varejistas expandiram seus esforços personalizando a experiência de checkout para oferecer aos clientes mais opções de entrega e conveniência.

Oferecer opções de entrega dinâmicas, com base em recursos operacionais e de transportadora precisos, garante que a promessa do cliente possa sempre ser mantida.

Por exemplo, se os clientes quiserem o dia seguinte ou uma data escolhida que seja conveniente para eles, o varejista pode fornecer várias opções que podem ser entregues ao cliente ou personalizá-las de acordo com as operações do armazém.

Isso pode ajudar a economizar tempo e custos, pois as marcas podem reduzir as falhas e evitar possíveis contratempos ao não fazer promessas de entrega irreais.

Os varejistas digitais estão dando um passo adiante para atrair e manter clientes com comunicações de rastreamento personalizadas e proativas para garantir que os clientes vejam as informações corretas e relevantes no momento certo.

2. Aumento no atendimento multicanal

Longe vão os dias de oferecer um item mais barato e mais rápido para impedir que o cliente vá para outro lugar. Isso nem sempre é suficiente quando os clientes esperam uma experiência totalmente conectada.

Com a pandemia mudando forçosamente a experiência de compra online, os clientes querem poder mudar perfeitamente com ela, do aplicativo móvel para móvel para o desktop, levando sua cesta com eles como quiserem.

Para criar essa jornada impecável, haverá um esforço contínuo para criar experiências online imersivas em plataformas cruzadas e multicanais, oferecendo aos clientes atualizações oportunas onde quer que eles queiram ser atendidos.

3. Crescimento da automação para o varejo digital 

À medida que os varejistas continuam girando em torno dos desafios causados ​​pela pandemia, o aumento das restrições significa menos funcionários no local e mais foco na automação.

Chatbots, assistentes de compras digitais e tecnologia de autoatendimento estão no centro das atenções para ajudar a capacitar os clientes e reduzir os contatos com clientes para as equipes de CS. Com o fechamento de lojas não essenciais, muitos varejistas procuram construir uma melhor conexão digital com seus clientes.

Ao usar ferramentas de IA, as marcas podem estar onde seus clientes estiverem e podem atendê-los 24 horas por dia.

Embora a automação e a tecnologia de autoatendimento ajudem os varejistas a reduzir custos, ela também é capaz de responder a consultas complexas sem a necessidade de interação cara a cara e, muitas vezes, em uma programação 24 horas por dia, 7 dias por semana.

De fato, a capacidade de aliviar a pressão das equipes de atendimento ao cliente e, ao mesmo tempo, dar aos consumidores uma sensação de autonomia em suas compras talvez seja o motivo pelo qual o número de marcas que usam chatbots ter disparado seu desempenho.

Por fim, vale considerar que: por toda a disrupção que 2020 nos trouxe, há um lado positivo. Os clientes continuam a se tornar ainda mais alfabetizados digitalmente, de modo que há ainda mais clientes online para os varejistas atraírem e reterem. Embora isso tenha forçado os varejistas a acelerar seus planos de inovação quase da noite para o dia, eles estão ficando mais criativos para alcançar seus clientes de novas maneiras.

Ao formar novas parcerias e experimentar novas tecnologias, está ajudando a simplificar suas operações, oferecendo uma experiência de cliente mais conectada e facilitando a compra de seus clientes. A Infracommerce planeja a operação de seu e-negócio de forma integrada, focada em resultados, satisfação do seu cliente e omnicanalidade! Entre em contato para obter soluções para o sucesso de seu varejo digital!

 

Generic selectors
Palavras exatas
Pesquise por título
Pesquise por conteúdo
Post Type Selectors

Digitalize seu Go-to-Market

Faça parte do maior ecossistema de Full Commerce da América Latina!

EstrategicaMente com Fabio Fialho

Como equilibrar escala, eficiência e inovação no e-commerce O universo das vendas online está em…

Chatbots de comércio eletrônico para automação de atendimento ao cliente

Uma das tecnologias utilizadas para a melhoria dos canais de vendas e atendimento são os chatbots.…

O que é e o que faz um assistente Back Office?

O back office, ou “retaguarda”, é um conjunto de atividades de gestão interna que são essenciais…

Fale agora com
nossos
especialistas

Ao preencher o formulário e clicar no checkbox, você expressamente declara que está ciente de que a nossa empresa poderá realizar contato com você via e-mail, telefone, WhatsApp ou qualquer outro meio e enviar comunicações para o fim exclusivo de apresentar conteúdos, produtos e serviços relacionados à Infracommerce.