Infracommerce

Infracommerce
B3

Kpis logísticos como medir os indicadores de desempenho

Kpis logísticos como medir os indicadores de desempenho

Os KPIs logísticos são ferramentas fundamentais na logística para transportadoras e embarcadores. Aqui você saberá mais sobre a função e como medir desempenho.

Saiba que sua função não é apenas apresentar requisitos que exigem análises regulares, mas também servir de guia para traçar metas e atingir os objetivos da empresa.

O que são KPIs?

KPIs (Key Performance Indicators) ou Indicadores de Desempenho nada mais são do que métricas usadas para medir e avaliar a performance de uma empresa no alcance de seus objetivos.

Esses dados quantitativos, que podem ser apresentados como números ou porcentagens, são essenciais para qualquer organização que queira analisar seus pontos fortes e fracos.

Quando usados ​​corretamente, os resultados dos KPIs logísticos podem ajudar os gestores a tomar decisões e definir novas metas que precisam ficar claras quando apresentadas a todos na organização.

Embora comumente utilizados em áreas como negócios, marketing e recursos humanos, os KPIs desempenham um papel fundamental na logística, principalmente para empresas que utilizam serviços terceirizados de transporte.

Qual é a importância dos KPIs logísticos?

A utilização de KPIs logísticos tornou-se um diferencial, pois otimizam os processos logísticos. Essas etapas incluem compras de insumos, entrada de materiais, planejamento de produção, processos de armazenamento de produtos e a estrutura de transporte e distribuição de mercadorias.

Cada uma das etapas citadas acima é objeto de análise, os indicadores de desempenho mostram os resultados, por meio dos quais o gestor logístico tem que analisar a estratégia de sua empresa

Dessa forma, o relacionamento com a transportadora contratada e demais procedimentos logísticos são formados de acordo com os objetivos de negócio esperados.

Em conclusão, o uso de KPIs logísticos é importante por cinco razões principais:

  1. Promovem qualidade e evitam erros;
  2. Os resultados apontam o quanto os objetivos podem ser alcançados;
  3. Possibilitam aos gestores uma visão mais clara do que deve ser feito;
  4. Proporcionam comparação com períodos anteriores da empresa;
  5. Identificam pontos fortes e fracos, setores onde há gasto excessivo, oportunidades de economia, ruídos de comunicação entre os setores e muito mais.

Como saber quais KPIs analisar?

Para escolher os KPIs mais interessantes para sua empresa, é importante seguir um processo. O acesso e a implementação dos itens a seguir são críticos para o uso bem-sucedido dos KPIs.

1. Tema

Você já sabe o que medir com KPIs? Quais atividades logísticas requerem maior controle para garantir que os objetivos sejam alcançados? Entender o propósito desse tipo de análise é a base para as outras etapas. Caso contrário, você pode ignorar áreas que realmente precisam de atenção.

Portanto, o ideal é reunir os gestores da organização para levantar as necessidades existentes e priorizá-las. Dessa forma, as etapas de criação abaixo terão um guia para que não percam o foco.

2. Dados

Os dados também precisam ser coletados durante esse processo. Portanto, é ideal demonstrar que existe um sistema para registrar informações sobre os principais setores para que essas informações possam ser coletadas.

Para empresas terceirizadas, a transferência dos dados relevantes a serem monitorados pode ser acordada em contrato. Se esta for uma tarefa assustadora para o contratante, pode valer a pena delegar a tarefa à equipe para que não haja comprometimentos no dia a dia.

3. Divulgação de resultados

Com os resultados das métricas, faz muito sentido apresentá-las à equipe e depois informar as novas metas e objetivos da empresa. Assim, todos sabem o que precisa ser feito.

A dica para isso é criar uma apresentação que explique o objetivo do KPI, depois mostre os resultados e assim por diante.

Vale ressaltar que quanto mais instrutiva for a apresentação, mais compreensão os funcionários terão e maior será a probabilidade de se envolverem.

KPIs logísticos

Abaixo estão alguns exemplos de KPIs logísticos que podem ser usados ​​para mensurar os resultados logísticos de uma empresa.

1. KPI de giro de estoque

Como o nome sugere, o controle de giro de estoque se concentra no número de vezes que o estoque de uma empresa é usado em cada período. Além de possibilitar uma gestão de estoques mais eficiente, esse valor reflete a aceitação do produto pelo público e é útil para os departamentos de logística, suprimentos, marketing e outros.

2. KPIs de distribuição

Ele lida com a eficiência de alocação e pode ser medido de várias maneiras. Uma delas é a produtividade por meio do volume movimentado da empresa, o que significa calcular a quantidade de carga que cada equipe ou funcionário pode suportar por hora de trabalho.

A eficiência de alocação também pode ser calculada a partir da porcentagem de utilização do espaço no armazém e da quantidade de carga movimentada no armazém por período.

3. KPIs de transporte

Esses KPIs revelam a produtividade e a qualidade das remessas e são úteis na contratação de transportadoras terceirizadas. Eles podem ser obtidos calculando o custo médio por remessa, a porcentagem de entregas no prazo, a porcentagem de entregas danificadas ou não conformes, a incidência de entregas, etc.

4. KPIs de gerenciamento de pedidos

Eles revelam a eficiência do gerenciamento de pedidos. Eles podem ser medidos pela porcentagem de CTes emitidos sem erros durante um período de tempo, o tempo que leva para preparar um pedido de compra ou o custo médio do processo de pedido (desde o recebimento do pedido até a entrega).

5. KPIs de índices de extravios e roubos

Outro ponto que também deve ser foco da análise é o número de produtos entregues com atraso ou extravio, que é um grande problema enfrentado pelo setor de logística.

De acordo com o Conselho Nacional de Cargas e Logística (NTC), as perdas relacionadas a furtos de cargas em 2019 ultrapassaram R$ 1,4 bilhão. Portanto, a taxa de perda ou roubo sempre foi um KPI relevante para os revendedores. Pode ser medido pela porcentagem do total de produtos perdidos em um determinado período.

Além de melhorar o desempenho da empresa em vários aspectos, o uso de KPIs logísticos também pode ajudar a reduzir os custos logísticos, pois o setor avaliado pode oferecer oportunidades de economia.

Infracommerce possui soluções que podem te ajudar nesse processo, acesse nossa plataforma e confira!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Generic selectors
Palavras exatas
Pesquise por título
Pesquise por conteúdo
Post Type Selectors

Digitalize seu Go-to-Market

Faça parte do maior ecossistema de Full Commerce da América Latina!

Impactos positivos da experiência de compra no e-commerce

Entenda como a experiência de compra  é importante para impactar positivamente nos resultados do seu negócio. Veja…

Multiadquirencia pode ser a solução para abandono de carrinho

Você já ouviu falar em multiadquirencia? Tem se tornado uma ferramenta fundamental de negócio e você…

Prospecção passiva é a chave para conversão de leads

Na prospecção passiva, os clientes que entram em contato de forma espontânea com sua empresa, quando…

Precisa de uma solução para sua empresa ou indústria?

Nós ajudamos algumas das empresas que mais crescem do mundo a encontrar novas oportunidades de negócios D2C e B2B.

Com soluções abrangentes em Full Service e Fulfillment, quer saber o que podemos fazer pelo seu negócio?

Fale com um especialista!

Conte-nos sobre seu negócio

Ao preencher o formulário e clicar no checkbox, você expressamente declara que está ciente de que a nossa empresa poderá realizar contato com você via e-mail, telefone, WhatsApp ou qualquer outro meio e enviar comunicações para o fim exclusivo de apresentar conteúdos, produtos e serviços relacionados à Infracommerce.

Fale com um especialista!