Cross Border Ecommerce - Vale a pena importar com o valor do dólar?

Cross Border Ecommerce - Vale a pena importar com o valor do dólar?

O impacto da Covid-19 no comércio eletrônico se espalhou pelo mundo, e as atividades de compra e venda em sites internacionais se tornaram mais populares.

Se antes da pandemia, as compras em sites internacionais aumentavam globalmente, o isolamento social acelerou ainda mais essa tendência global. De acordo com a pesquisa "Seize Cross-Border Opportunities" da Forrester, 82% dos consumidores em todo o mundo já compraram em sites de outros países.

E nesse cenário de fortalecimento de compras internacionais, a América-Latina é uma das líderes, com 83% da população relatando já ter feito compras internacionais. Por outro lado, a China está disparada na liderança entre os países que mais vendem. Em 2019, as vendas chinesas para outros países contabilizaram US$ 1,8 trilhão, mais do que todo o mercado americano e europeu somados.

A estimativa é que com o impacto da pandemia, a China já tenha ultrapassado a marca de US$ 2,5 trilhões de vendas online. Ainda que para o consumidor brasileiro o dólar acima de R$ 5,00 e a política de taxação de compras internacionais torne praticamente proibitiva a compra de alguns países, para quem é varejista ou indústria essa é uma excelente oportunidade de abrir novos horizontes.

Afinal, vale a pena fazer Cross Border Ecommerce?

Sim! Muitos produtos vendidos no Brasil são importados e a valorização do dólar americano afeta diretamente o comerciante, fazendo com que ele reajuste o preço do produto. Neste artigo, mostraremos vários produtos que valem a pena importar dos Estados Unidos, até mesmo produtos de alto preço.

Quais produtos exportar e como começar

O mercado de moda, calçados e acessórios é uma das principais categorias de produtos para compras internacionais. O mercado brasileiro de calçados possui uma indústria exportadora muito forte, e nosso mercado de moda também se destaca por marcas de renome mundial, como Farm e Reserva. Outros segmentos de mercado com grande potencial para operações internacionais incluem brinquedos, produtos de passatempo, joias, relógios, cosméticos, beleza e obras de arte.

Para aqueles que desejam iniciar operações internacionais, eles precisam considerar impostos, taxas, logística, logística reversa, tropicalização de produtos e quais mercados escolher.

Roupas de bebês

Esse é um dos produtos importados o ano todo. Se convertermos os preços mostrados acima para reais, o valor desses produtos pode variar conforme a taxa de câmbio atual do dólar americano! No Brasil, essas roupas custam entre 50 e 100 reais.

Brinquedos

Os brinquedos também são bem recomendados para importação dos Estados Unidos. Geralmente, os valores desses brinquedos estão entre 41 e 57 reais. No Brasil, eles são vendidos por cerca de 150 a 210 reais.

Relógios

Este é um dos tipos de produtos que nossos clientes gostam de importar dos Estados Unidos. Use-o ou revenda-o. No Brasil, o preço de um relógio é de 1.000 reais ou até mais, enquanto nos Estados Unidos é possível comprá-lo por 200 a 500 reais. Além do relógio mostrado acima, existem muitos outros relógios com preços que variam de US $ 50 a US $ 100.

Eletrônicos

Nos EUA você tem uma variedade gigantesca de produtos e marcas diferentes para comprar. 

Fones, smartwatches, peças de computador e muitos outros itens com preços excelentes.

Sobre taxas de importação

A Amazon opera sob o modelo DDP - Entrega com imposto pago (pré-pago): Os impostos e taxas são pagos antecipadamente. O pedido chega ao cliente final sem atrito.

Por outro lado, o Alibaba adota o modelo DDU-Duty Unpaid Delivery (Post-Pay): Os impostos e taxas são pagos após a chegada dos produtos no país de destino. Nesse caso, o consumidor deve pagar para retirar o produto.

O primeiro modelo, DDP, é mais adequado para consumidores. O modelo DDU é mais simples, barato e rápido de implementar.

Para cumprir o modelo do imposto de importação, o Brasil já conta com start-ups que podem te ajudar. 

Melhores países para cross-border

  • Estados Unidos – maior mercado de e-commerce do mundo ocidental.
  • Japão – mercado de e-commerce que mais cresce no mundo.
  • Reino Unido – um dos maiores mercados da Europa, com crescimento de 17% ao ano.
  • Alemanha – maior mercado de e-commerce da Europa, cresce 12% ao ano. Sua principal categoria é moda.
  • França – mercado superior a U$ 50 BI.
  • Itália – um dos países mais promissores em termos de crescimento devido a baixa penetração da internet.
  • Canadá – um dos principais destinos de compras cross border ecommerce no mundo.
  • México – mercado emergente com rápido crescimento.
  • Coreia do Sul – economia estável que resulta em um GMV superior a U$ 50 BI em gastos online.
  • Espanha – gasto médio per capta online é de U$ 724,00. A principal categoria é a moda.

Por onde começar numa operação cross border ecommerce?

Passo 1 – Operação própria

  • Exportação Direta para consumidor final
  • Faça uso exclusivo de logística aérea
  • Coloque 100% do seu mix de produtos 
  • Expedição LATAM + USA + EUROPA + ASIA

Passo 2 – Operação Full Commerce

  • Tenha um hub de expedição USA + Europa
  • Faça uso de um intermediário
  • Foque na Curva A/B (estoque avançado)
  • Use o porto de Miami (fala português)
  • Aposte nos EUA para menor barreira cultural
  • Tenha um fulfillment eficiente

Passo 3 – Operação Full Commerce na Europa

  • Tenha um hub de entrada para a Europa
  • Faça uso de um intermediário
  • Mantenha o foco na Curva A/B
  • Aposte em Portugal para um menor custo de fulfillment da Europa, menor barreira cultural e melhores prazos e taxas de logística

Agora que te mostramos as vantagens do cross border ecommerce, você pode ter certeza que será uma excelente solução para o seu negócio.


Fale com um especialista

Leia também

Pix para e-commerce: saiba como isso pode alavancar suas vendas

Pix para e-commerce: saiba como isso pode alavancar suas vendas

Se você não conhece o impacto do Pix para e-commerce e como ele pode ser um aliado para o seu negócio, fique atento às nossas últimas atualizações!

Acessar
4 Funcionalidades para aumentar o lucro com as vendas b2b

4 Funcionalidades para aumentar o lucro com as vendas b2b

As vendas B2B são uma realidade cada vez mais presente na rotina dos empresários, junto à muitas responsabilidades. Continue a leitura e saiba mais sobre o tema!

Acessar
Faça um split de pagamento customizado para cada negócio com InfraPay

Faça um split de pagamento customizado para cada negócio com InfraPay

Entenda o que é split de pagamento, veja como usar e para quem é indicado. Além disso, falaremos um pouco sobre os benefícios da InfraPay como solução de pagamento.

Acessar

Assuntos

Revolucione sua
Customer Experience!


Descubra qual solução Infracommerce é a ideal para o sucesso do seu negócio.

Preencha o formulário abaixo que nossa equipe
entrará em contato para mais informações

Obrigado! Seu contato foi enviado com sucesso!
Oops! Algo deu errado, tente novamente.